várzea

deixe pra lá
esse chato
e
enquanto ele segue
insistindo em reflexões
pouco óbvias e indigestas

‘há tanta vida lá fora
aqui dentro’

diria o poeta

dentro de videochamadas
de players relevantes
do ecossistema
a ‘vida’ segue pulsante

curiosamente
com as mesmas marcas
e
rainhas da inglaterra
de sempre

e o que vem ocorrendo
com os players medianos
e longe dos holofotes do setor?

enquanto grandes fundações
seguem na sua roda
de camaradas
de mesma prateleira

entre medianos
e pouco significantes
a história é outra

luta diária
pela própria sobrevivência
institucional e orçamentária

é
caro leitor(a)
não há moleza
na segundona do setor

campos de terra
e
vestiários sem toalhas brancas

mas
mesmo na segundona

o discurso parece afinado
com as altas prateleiras:

eficiência
métricas
e pseudo-engajamento

o que não contam
é que deve-se alcançar isso
com o mínimo
de investimento próprio

vamos dar as boas vindas
a institutos zumbis
que surgem da noite para o dia
com pompa e circunstância

para
em seguida
disputarem recursos
com a mesma sociedade civil
que iriam apoiar

#impactonaencruzilhada

CategoriesImpacto Social
Compartilhe
  1. Pingback:várzea - Notícias Socioambientais das águas no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.