Meu ponto de partida é a ausência de debate dentro do ecossistema de impacto social sobre temas como política, precarização do trabalho e papel do Estado.

Minha crítica procura respostas nas bolhas formadas por fundações, institutos e investidores preocupados com o impacto. Mas, afinal, que impacto é esse?

–        Investimento Social Privado no Brasil: tendências, desafios e potencialidades (org.) – 2013. Veja aqui

–        Reflexões contemporâneas sobre Investimento Social Privado – 2017, acesse

–        Impacto na Encruzilhada – 2019. Veja aqui

–        A epidemia do Impacto – 2020, veja mais