Pelo fim da auto-ajuda no setor de impacto

Pela blindagem anti marketing multi-nível

Pelo fim dos caroneiros da sala VIP

Pelo aumento da capacidade crítica do setor

Por menos histórias de sucesso

Pela criação do ‘meu sabático, minha vida’

Por mais peito aberto pra tocar nos assuntos difíceis

Por mais ‘chamadas na chincha’ pra quem pode contribuir mais

Pelo fim do padrão FIFA dos eventos

Por mais pé no barro nas iniciativas do setor

Por algo além do óbvio ‘mudar o mundo’

Pelo fim dos negócios de impacto ‘genéricos’

Por mais empreendedores de diferentes periferias deste Brasil

Por investidores que troquem o iate pra colocar $$ no setor

Por programas de aceleração que desacelerem

Por oportunidades que também cheguem aos ‘não-parças’

Tá bom
desisto
mais um chope
sem colarinho por favor

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.