acelera-me ou te devoro

o termo ‘aceleração’ parece ter
virado carne de vaca

e o que fazer?

mudar de nome, claro
cravariam alguns oráculos
do ecossistema

há nomes supostamente mais interessantes
– dinamização
– impulsionamento
– modelagem de negócios
etc

o ponto central que poucos discutem
a meu ver
é

– agora que o termo ‘aceleração’ parecia comunicar
algo
em ecossistemas menos maduros

muda-se o nome
para algo ainda mais sofisticado?

e os novos entrantes na agenda?
quem os situa neste papo complexo?

esta é uma abordagem inclusiva?
e
que leva em conta complexidades regionais?

talvez não

além disso
mudar o termo
é o mais central
a ser enfrentado
no ecossistema
neste momento?

sem dúvida
há muitos outros pontos
de maior relevância
pra exercitar nossos neurônios

só pra citar três:
– fortalecimento de organizações intermediárias do campo

– diversificação de outras narrativas sobre o campo

– onde faz mais sentido o capital filantrópico?
Onde faz menos sentido?

enquanto isso na sala da justiça
pseudo-heróis do impacto
seguem afoitos
em como converter
problemas complexos
e
abordagens complexas
em simplismos

#impactonaencruzilhada

CategoriesImpacto Social
Compartilhe
  1. Pingback:Acelera-me Ou Te Devoro - Notícias Socioambientais Das Águas No Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.