Compartilhe

cauê queria mudar o mundo
trabalho voluntário nunca tinha feito

desconhecia ‘esse mundo das ONGs’
e se perdia numa vida de consumo
e cliques aleatórios

de safadão a sertanejo universitário
em seu headphone

de fake news a correntes
em seu zap

de um shopping a outro
a enlatados yankees
em sua rotina

um belo dia
se inscreveu no programa
de voluntariado (compulsório)
na empresa em que trabalhava

e

bingo!

agora podia
‘ensinar pessoas carentes’
a ganhar dinheiro

afinal
o problema desta turma
era ineficiência
e uma boa dose de atraso

nesta nova jornada
(de voluntariado fast-food)
descobriu que sim
as ONGs tinham problemas

mas

embora
elas tivessem atrasos

o maior atraso mesmo
era
seu próprio atraso mental
(mindset)

agora
ele já sabia como
‘ensinar’ os pobres mortais
a mudar o mundo
de dentro da sua própria bolha
e
de preferência
sem abrir mão de seus privilégios
(na visão dele, mérito)

#impactonaencruzilhada


Compartilhe